Programação » Bate-papo

Diversidade em foco: empoderamento feminino na prática do audiovisual

Reflexões necessárias e urgentes do audiovisual para o empoderamento feminino, a partir do entendimento de movimentos que estão procurando reverter atitudes, mentalidades e práticas, como Metoo e DAFB. Apoio: Comitê Plural Teccine e Tecna.

}

28/10

14h às 15h30

Gabriela Souza
Ministrante

Advogada feminista, especialista em direito das mulheres, professora e sócia fundadora do primeiro escritório de advocacia para mulheres do Sul do país. Coordenadora do movimento #MeTooBrasil.

Lívia Pasqual
Ministrante

É diretora de fotografia e artista visual (Unisinos, RS 2009), especialista em Fotografia de Criação e Gestão de Projetos (EFTI, Espanha, 2011). Entre seus trabalhos estão o curta-metragem “Um Corpo Feminino” (2018), finalista do Grande Prêmio de Cinema Brasileiro (2019), a minissérie “Necrópolis” (2017), disponível no Netflix Brasil e o longa-metragem Despedida. Selecionada para a edição de 2020 do programa Berlinale Talents Buenos Aires. É membra do coletivo de mulheres e pessoas trans do departamento de fotografia do Brasil – DAFB.

Maria Henriqueta Creidy
Professora anfitriã

Doutora em cinema pela ECA/USP (2007), mestre em Multimeios, com ênfase em Antropologia visual, pelo Instituto de Artes da UNICAMP (1994). Coordenou o curso de especialização Cinema Expandido, na PUCRS (2009-2011). Professora dos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Produção Audiovisual da PUCRS. Documentarista, trabalha com cinema e televisão e desenvolve pesquisas no campo do documentário.