Depois de três dias com as mais variadas atividades, embaladas ao som de muita música boa nos intervalos, chegam ao fim as atividades do 32º SET Universitário, momento de integração entre alunos, professores e profissionais dos mais variados ramos e vertentes da comunicação.

A profissional Janaina Capeletti ministra a oficina Comunicação sustentável para negócios de impacto socioambiental positivo. no 32º SET Universitário. Foto: Sandro Fieira/Famecos/PUCRS.

Uma oficina de grande importância para o debate entre alunos foi “Atração e diversidade na RBS”, ministrada por Julia Soll e Iarema Soares, onde os alunos foram colocados em posição de análise em relação a seu papel na sociedade. Como e por qual motivo a RBS trabalha a diversidade foi a pauta da atividade, enfatizando, sempre, a importância dessa na comunicação. As palestrantes levaram algumas dinâmicas para a oficina para que cada um tenha a oportunidade de olhar para si. Uma delas, chamada “Caminhada dos Privilégios”, convida os participantes a responderem perguntas sobre a sua realidade, para que seja possível compreender a partir de qual lugar cada um parte. “Normalmente quando se fala em diversidade, principalmente em redações de jornais, as pessoas pensam na pluralidade de olhares e vieses que podem ser trazidos para uma reportagem”, destaca Iarema. Acrescentando: “Mas eu acredito que quando temos uma redação diversa, conseguimos narrar histórias que não são contadas normalmente, porque temos ali pessoas que vivem aquela realidade todos os dias. Quando nós temos uma massa homogênea de pessoas contando as histórias nos jornais e nos portais de notícias, temos quase sempre o mesmo relato.” Ainda, quando se tem essa diversidade, torna-se possível a formação de novas pautas, histórias e, também, maneiras de contá-las, diferentes das que já estamos tradicionalmente acostumados: “Conseguimos, então, reverberar vozes que estão ali, muitas vezes, sendo marginalizadas”.

Pela segunda vez seguida com a oficina lotada, Anderson Bauvalet, Bianca Sabino, Igor Campão e Louise Ramires ministraram a atividade prática “Por Outras Lentes: Fotografia em grupo”. O projeto, que completa um ano e iniciou com a proposta de quebrar o tabu da competição entre fotógrafos, é formado por profissionais das mais distintas áreas —  Anderson é graduado em Engenharia, Bianca em Psicologia, Igor em Letras e Louise em Publicidade e Propaganda. “Ficamos muito felizes com o convite, foi muito gratificante a experiência e ficamos muito felizes com o resultado”, Bianca e Igor fazem questão de ressaltar.

Por Rafaela Pfeifer  | 18 de setembro de 2019

    Patrocínio

    Apoio

    Apoio

    Apoio

    Realização