Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/set/www/30set/wp-content/themes/Divi/includes/builder/functions.php on line 4943
Oficina dá dicas para alunos bombarem no Instagram | SET Universitário - Famecos/PUCRS

Natália Pegorer deu dicas sobre Instagram para os alunos (Foto: Júlia Brasil)

No dia de encerramento do 30º SET Universitário, Natália Pegorer, graduada em Publicidade e Propaganda pela Famecos, ministrou a oficina Recursos do Instagram decifrados: edição de fotos para feed e estudo dos Stories. Nela, a profissional tratou assuntos como enquadramento, engajamento e construção de um feed harmônico, além de dar dicas de aplicativos e interagentes da rede social.

Na parte teórica da oficina, Natália explicou o significado de alguns termos já recorrentes no cotidiano, como foto, hashtag e stories. A seguir, defendeu que a construção de uma boa fotografia não depende do ambiente. “A gente pode fazer uma foto bonita em um cenário nada a ver”. Segundo ela, a imagem deve seguir uma linhagem de enquadramento, ou regra dos terços, ou central. Além disso, o feed da conta precisa obedecer um padrão de cor e forma. “Às vezes, temos que escolher entre fotos legais ou fotos que combinam”, comenta. Pelo fato do Instagram ser uma mídia social com foco em compartilhar o instante em que as pessoas estão vivendo, as marcas procuram se distanciar das propagandas tradicionais e se aproximam do público com a utilização dessas técnicas.

Para fazer sucesso na rede é preciso ter um feed atrativo. Natália aconselha as pessoas a utilizarem sempre os mesmos tons, efeitos e a seguirem os padrões de organização “Pessoa – objeto – pessoa”, ou “pessoa – paisagem – pessoa”. Para exemplificar, a publicitária mostrou aos estudantes alguns perfis interessantes a serem seguidos, como @barbiestyle, @vejocores e @happysocks.

Além do feed, o engajamento também é importante. Conforme ela, o horário em que as postagens são feitas devem seguir de acordo com a quantidade de pessoas interagindo naquele momento. “Cada público é um público”, afirma. As hashtags são classificadas em quatro categorias: mega popular, com mais de um milhão de postagens; muito popular, 500 mil à um milhão; populares, 100 mil à 500 mil; específicas e relevantes, 20 mil à 100 mil. “O ideal, segundo pesquisa, é usar de cinco à seis hashtags: um terço sendo popular e dois terço específicas e relevantes”, explica.

Como e quando postar stories? Natália diz para não ser feito algo cansativo, mas algo leve a fim de prender a atenção dos seguidores. Ela conta que procura fazer narrativas por meio de imagens, porque acha que vídeos requerem muita atenção e são limitados em função de necessitarem de áudio. “Muitas vezes as pessoas não estão em locais que possam ouvir”, confirma. Para terminar a oficina, ela propôs aos alunos que publicassem stories em seus Instagram a partir das instruções e recomendações apresentadas por ela. Em cinco grupos de quatro integrantes, os estudantes sortearam tema, quantidade e conceito de foto. Após o sorteio, foram para lugares diferentes do prédio 7 e voltaram com as publicações já feitas.

Confira algumas dicas da oficina:

APLICATIVOS

  1. Followers
  2. Umum
  3. Snapseed

PERFIS

  1. @vejocores
  2. @amandadigiorgio
  3. @lucaslevitan
  4. @lulireis
  5. @sheidlina
  6. @rechcamila